Imprensa

Prefeitura do Ipojuca e Correios definem endereços dos cidadãos

Programa Endereço Certo tem a parceria dos Correios e será lançado na próxima terça-feira (2) no distrito de Nossa Senhora do Ó

Em breve, todas as ruas do município do Ipojuca terão um Código de Endereçamento Postal (CEP). A iniciativa reunirá a prefeitura municipal e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos de Pernambuco (EBCT/PE), que juntas, irão georeferenciar todos os logradouros do município. O programa Endereço Certo será lançado na próxima terça-feira (02), pelo prefeito Carlos Santana, pelo assessor da Diretoria Regional da EBCT/PE, Pedro Mota, e pela secretária de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (Sedema), Berenice Andrade Lima. O evento ocorrerá às 10h30, em frente ao antigo Estádio de Futebol de Nossa Senhora do Ó, no distrito de mesmo nome.


Para o prefeito Carlos Santana, este projeto vai trazer mais praticidade e à vida dos ipojucanos. “Hoje são devolvidas cinco mil cartas por mês, que não são entregues por falta de endereço. Não podemos continuar com esta realidade. A partir de agora, com esse estudo de mapeamento e a criação do CEP, todos os cidadãos vão passar a receber suas correspondências em casa”, destacou.


Todo mapeamento do município está sendo feito pela empresa Geo Sistema com o apoio de líderes comunitários dos três distritos: Camela, Ipojuca-sede e Nossa Senhora do Ó, e das Praias de Porto de Galinhas e Serrambi. “Estamos desenvolvendo este estudo junto com pessoas que conhecem os bairros de cada distrito e assim conseguimos todo o levantamento das informações necessárias para a definição do CEP e nomear os logradouros”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do município, Berenice de Andrade Lima.


O Programa Endereço Certo já começou o mapeamento e dentro de dois meses os bairros passarão a existir oficialmente. “Com endereço as pessoas vão poder realizar compras pela internet e saber que os produtos vão chegar em casa. Todos vão passar a receber suas correspondências”, lembrou Berenice. O projeto vai catalogar e atualizar todas as vias do município, através do processo de georeferenciamento (GPS), devolvendo a cidadania à população. A partir daí, os códigos serão gerados pelos Correios.